Inicial

[CEAC – 3o ano] material multimídia – revisão para a prova

Deixe um comentário

Matéria do 3o ano do C.E Amaro Cavalcanti. Prova no dia 05/12, quinta-feira.

Segue material estudado na aula da sala multimídia (apresentação de slides e vídeo) e mais um exercício de revisão.

 

 

slide (04)

Exercício:

As afirmativas abaixo se referrem a diferentes mesorregiões do estado do Rio de Janeiro. Preencha as lacunas abaixo com o número correspondente a cada uma delas

 

I – Região Metropolitana

II – Região Norte Fluminense

III – Região Serrana

IV – Região Médio Vale do Paraíba

V – Região das Baixadas Litorâneas

 

(       ) É a mesorregião do Rio de Janeiro com maior altitude, situada na escarpa da Serra do Mar. Um dos setores de destaque é o turismo no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, com destaque para os municípios de Teresópolis, Guapimirim e Nova Friburgo.

(     ) Também conhecida como “Grande Rio”, é formada por 22 municípios conurbados, formando uma única grande metrópole. Além da capital do estado, contêm os municípios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e os municípios da região conhecida como Baixada Fluminense

(     ) Mesorregião tradicionalmente rural do estado, mas que vem ganhando destaque na economia do estado devido ao crescimento da indústria do petróleo. Destaque para os municípios de Macaé e Campos dos Goytacazes.

(     ) Popularmente conhecida como “Região dos Lagos”, é famosa pelo turismo de veraneio. Formada pelos municípios no entorno da Lagoa de Araruama: Armação de Búzios, Cabo Frio, Arraial do Cabo, Rio das Ostras, dentre outros.

(    ) Esta região se destaca pelo turismo histórico, com casarões de arquitetura remanescente das antigas fazendas de café do Vale do Paraíba. Na economia, destacam-se a presença da Companhia siderúrgica Nacional (CSN) em Volta Redonda, o o crescimento da indústria automobilística, com sedes de diversas montadoras nos municípios de Resende e Itatiaia

Resposta (de cima para baixo): III, I, II, V, IV

[CEAC – 3o ano] revisão para a prova

Deixe um comentário

Turmas 3002, 3003, 3004 e 3006

Matéria: capítulo 6 do livro + caderno + seminários.

Classificação das fontes de energia primárias

Renováveis: Energia hidríca, Eólica (ventos), Solar, Geotérmica, Biomassa

Não-renováveis: Urânio, Combustiveis Fósséis: Petróleo, Carvão mineral e Gás Natural

Exercícios

1) Assinale V para verdadeiro e F para falso

(    ) O petróleo é recurso mineral explorado apenas em áreas marinhas

(    ) Os principais países consumidores de petróleo são também os maiores produtores

(    ) Enquanto as maiores taxas de consumo de petróleo se encontram concentradas nos países desenvolcividos e emergentes, os maiores produtores estão no mundo subdesenvolvido

(    ) O Brasil não possui grandes reservas de urânio no seu território

(    ) O uso percentual de fontes alternativas, como a solar e a eólica, ainda é baixo no Brasil

(    ) A matriz energética brasileira ainda é, de forma geral, mais renovável do que a do resto do mundo

(    ) A geração de resíduos conhecidos como Lixo atômico constitui um dos problemas das usinas nucleares

2) O que significa a sigla OPEP?

3) Que nome se dá a fonte de energia extraída do calor interno da Terra?

4) Apresente dois argumentos contrários e dois argumentos favoráveis á expansão do uso da Energia Nuclear no Brasil

5) Aponte duas características naturais do território brasileiro que explicam o elevado potencial hidríco do país. Em seguida aponte dois impactos ambientais negativos decorrentes da instalação de grandes centrais hidrelétricas.

 

 

Respostas

1) De cima para baixo: F, F, V, F, V, V, V

2) Organização dos países exportadores de petróleo

3) Energia Geotérmica

4)

Dois dos argumentos favoráveis:

  • O processo de geração não resulta na emissão de gases que contribuem para o aquecimento global.
  • É possível construir as usinas em locais próximos aos centros consumidores,reduzindo custos com as linhas de transmissão e as perdas de energia.
  • O Brasil tem a quinta maior reserva de urânio do mundo.
  • O Brasil domina a tecnologia de enriquecimento do urânio, que é a etapa mais cara e sofisticada do processo.

Dois dos argumentos contrários:

  • É uma forma cara de gerar energia, pois o custo do quilowatt é superior ao de outras fontes tradicionais.
  • Há o problema ainda não resolvido, mesmo no restante do mundo, quanto à alocação dos resíduos radioativos, o chamado “lixo atômico”.
  • Há riscos ambientais de grande magnitude, ligados à possibilidade de um acidente que resulte em liberação de material radioativo para o meio ambiente.

5)

Dentre as características geográficas naturais do Território brasileiro que favorecem o grande potencial hídrico do país, podemos citar: O regime pluvial da maior parte do país garante rios com grande volume de água, propiciando elevado potencial hidrelétrico; a disponibilidade de território para a formação dos lagos das hidrelétricas, em virtude da grande extensão do território brasileiro; a coincidência entre a ocorrência de rios de planalto e as maiores concentrações demográficas e econômicas no Centro-Sul do país.

Entre os impactos negativos associados à produção da energia hidrelétrica estão: o deslocamento e a perda dos gêneros de vida das populações situadas nas áreas alagáveis; a inundação de áreas agricultáveis e de florestas; as mudanças na dinâmica hidrológica dos canais fluviais; a diminuição da biodiversidade fluvial; a perda de patrimônio histórico e cultural devido à formação de grandes reservatórios; a deterioração da qualidade da água pela grande produção e decomposição de matéria orgânica; o aumento de problemas sanitários associados à proliferação de parasitas em áreas contíguas aos reservatórios; a emissão de gases do efeito estufa pela decomposição da matéria orgânica nos reservatórios.

 

 

Fontes_de_Energia_Renováveis

Tutorial para elaboração de climograma no excel / aula sobre climas em power point

1 Comentário

Segue abaixo uma vídeo-aula para auxiliar os alunos que estão com dificuldades com o trabalho de construção de climogramas.  Aproveito e disponibilizo também os slides da aula que tivemos.

 

[CEAC – 2o ano] seleção de slides – geografia agrária

Deixe um comentário

Compartilho aqui algumas das melhores apresentações em Power Point do nosso seminário de geografia agrária. Estou postando também uma aula extra sobre modernização agrícola. Estudem também pelo livro e caderno. Abraços

 

[CEAC/EEGD-3o ano] aulas em Power Point

Deixe um comentário

Conteúdos sobre Geopolítica do petróleo, energia hidrelétrica e transportes.

[CEAC-1o ano] Cartografia – Material Multimídia

Deixe um comentário

Conforme prometido, ta aí o material visto na aula da sala de vídeo, e mais um conteúdo extra pra vocês estudarem pra prova. Abraços e até a próxima.

 

 

 

 

Clique aqui  para ler o texto “O Mapa-Mundi – A mentira a que já nos habituamos”, publicado pelo site Portugal Mundial.

Site com mapas antigos e raros do mundo todo, também vale a pena ver.

Visite também o site Materiais didáticos para cartografia escolar

[CEAC – 2o ano] trabalho: análise crítica do filme “Encontro com Milton Santos”

Deixe um comentário

Então, rapaziada. Esse trabalho vale nota para o primeiro bimestre e consiste numa resenha crítica do filme que assistimos: “Encontro com Milton Santos – ou o mundo Global bisto do lado de cá”. Leia atentamente as instruções antes de começar:

– Uma resenha consiste num comentário crítico sobre uma obra artística, seja ela um filme, livro, programa de TV ou peça de teatro. Uma resenha não deve conter mais do que uma página. Se você gosta muito de escrever e tem muito a dizer, eu aceitaria um trabalho com no máximo uma folha – frente e verso, letra arial 12. Mas não mais do que isso.

– Ainda não entendeu o que é uma resenha? Confira abaixo então a explicação do site da PUC-RS:

“Resenha-crítica:

É um texto que, além de resumir o objeto, faz uma avaliação sobre ele, uma crítica, apontando os aspectos positivos e negativos. Trata-se, portanto, de um texto de informação e de opinião, também denominado de recensão crítica”.

-Lembre-se: o trabalho deve ser original e individual. Não procure trabalhos prontos e não copie o trabalho do colega de turma. Trabalhos encontrados exatamente iguais, com as mesmas palavras, serão desconsiderados. Não importa quem copiou e quem foi copiado, ambos receberão nota 0 (zero).

– Data de entrega: dia 11 de abril (mesmo dia da prova de geografia).

Favor entregar o trabalho junto da prova ao professor-aplicador

Valor: 2 (dois) pontos 

Abaixo o filme na íntegra para quem ainda não assistiu ou queira rever:

[CEAC – 1o ano] Tutorial para elaboração de climograma no Excel

Deixe um comentário

Essa vídeo-aula é para auxiliar os alunos que estão com dificuldades com o trabalho de construção de climogramas. Conteúdo destinado aos alunos das turmas 1001, 1002, 1003 e 1006 do C.E Amaro Cavalcanti.

[CEAC – 1o ano] Material multimídia – Geologia

Deixe um comentário

Apresentação em Power Point e vídeos sobre Formação da Terra, Tempo geologico e teorias da Deriva Continental e Tectônica de placas.

 

 

 

 

 

[CEAC – 1o ano] Aula sobre Tipo de clima e vegetação

Deixe um comentário

Power-point apresentado na aula da sala de vídeo. Para visualisar as fotos, visite a minha página no facebook. Bons estudos.

Older Entries